A insuficiência renal aguda é a perda súbita e rápida da função renal caracterizada pela diminuição do ritmo de filtração glomerular e do volume urinário do indivíduo, além de também causar distúrbios no controle do equilíbrio hidro-eletrolítico e ácido-básico.

Sintomas da insuficiência renal aguda

É de fundamental importância conhecer o histórico do paciente para estabelecer a causa subjacente da insuficiência renal aguda, assim como seus fatores de risco e a gravidade da condição. 

Assim, é necessário compreender se houve diminuição do volume extracelular, uso de drogas, contrastes radiológicos e sepse, além de saber a idade, se há disfunção renal prévia e co-morbidades, como hipertensão e obesidade. 

Os seguintes sintomas podem estar associados a nefrites intersticiais, vasculites ou glomerulonefrites: 

  • Febre
  • Mal estar
  • Erupção cutânea
  • Sintomas musculares ou articulares 
  • Dor lombar ou supra-púbica 
  • Dificuldade de micção
  • Cólica nefrética
  • Hematúria

Diagnóstico e tratamento da insuficiência renal aguda

A insuficiência renal aguda não costuma apresentar sinais ou sintomas específicos. Por isso, ela é frequentemente diagnosticada por meio de testes de laboratório realizados por outra razão ou ainda durante uma internação hospitalar por outra causa.

Nas consultas de rotina, caso o paciente apresente sintomas de lesão renal, o médico fará perguntas sobre quais são esses sinais, quais medicamentos são utilizados, se há alguma condição prévia, como hipertensão, obesidade ou diabetes, e quais exames já realizou. 

Após descobrir a origem da alteração da creatinina, o nefrologista vai definir o tratamento focado no que está causando a insuficiência renal. Os cuidados variam de acordo com cada caso, considerando as características e necessidades do paciente. No entanto, existem algumas recomendações gerais para o tratamento da insuficiência renal aguda:

  • Escolha alimentos com menos potássio, como maçã, couve, feijão verde, uvas e morangos. 
  • Evite produtos com adição de sal e reduza a quantidade de sódio evitando produtos com adição de sal, como congelados, sopas enlatadas, fast foods, salgadinhos, conservas de legumes, carnes processadas e queijos. 
  • Limite o consumo de fósforo, pois seu excesso no sangue pode enfraquecer os ossos e causar coceira da pele. 

Além dos cuidados indicados durante a recuperação, algumas práticas são recomendadas para reduzir o risco de sofrer com a insuficiência renal aguda:

  • Tome os medicamentos conforme as instruções médicas, sem mudar as doses.
  • Mantenha o tratamento para qualquer condição que aumenta o risco de insuficiência renal aguda, como diabetes e hipertensão, e siga as recomendações médicas para gerir a sua condição. 
  • Mantenham um estilo de vida saudável: faça exercícios, tenha uma dieta equilibrada, beba com moderação e não fume.

Tem alguma dúvida sobre esse assunto? Agende uma consulta com a nossa equipe!

Olá! Tudo bem? 👋
1
Olá! Tudo bem? 👋

Caso tenha alguma dúvida, deseje agendar uma consulta ou queira falar com nossa equipe, estamos à disposição. 😄

Abraço!