As desordens mais comuns do sistema renal tendem a ocorrer de maneira branda, apresentando mínimos sintomas da doença renal. Por isso, uma parcela considerável de pacientes só tem um diagnóstico positivo em estágios mais avançados, geralmente com um grande comprometimento dos rins e perda da função renal.

Pensando nisso, no post de hoje vamos listar os principais sinais desta doença. Assim, você poderá identificá-la com maior eficiência e colocar em prática hábitos mais saudáveis com o objetivo de preservar o órgão. Acompanhe!

Afinal, como saber se meus rins estão doentes?

Uma das formas mais simples e seguras de identificar prematuramente os sinais de uma desordem no sistema renal é realizando exames laboratoriais de sangue e urina. Em termos práticos, essa investigação tem o objetivo de avaliar os níveis de creatinina sanguínea, de modo a determinar a taxa de filtração do sangue pelos rins.

Isso porque exames de urina simples são muito úteis para identificar elementos como sangue, proteínas, glicose e até mesmo algumas substâncias diversas que podem indicar um possível quadro de doença renal.

Principais sinais e sintomas da doença renal 

Uma parte muito importante no tratamento de doenças renais é a detecção precoce de problemas no funcionamento do órgão. A seguir, preparamos algumas dicas cruciais que poderão ajudá-lo a reconhecer os principais sintomas da doença renal. Acompanhe!

  • Sangue na urina

Em linhas gerais, a presença de sangue na urina de modo visível indica o aparecimento de sintomas importantes. A hematúria macroscópica usualmente está associada a diferentes tipos de câncer, infecções do trato urinário, cálculos renais entre outras enfermidades.

O problema é mais grave, porém, quando o sangue presente na urina é imperceptível, como é o caso da hematúria microscópica. Esse tipo de sangramento apenas pode ser identificado corretamente a partir de exames de urina. Assim, podem passar sem serem notados por longos períodos, o que contribui para o agravamento dos sintomas.

  • Urina espumosa

Quando urinamos, é normal e habitual gerar espuma e isso ocorre em razão da agitação do jato de urina em contato com a água do vaso sanitário. Contudo, quando há uma mudança significativa no padrão de espuma, sobretudo quando há um aumento significativo de volume e tempo para ser eliminada, é sinal de que os rins podem não estar funcionando corretamente.

Em geral, a urina espumosa indica a perda de proteínas e caracteriza-se pelo quadro conhecido como proteinúria. O excesso de proteína na urina, por sua vez, é comum em doenças subjacentes — e decorrem também de efeitos colaterais de medicamentos. Entre as doenças mais comuns, podemos destacar diabetes, obesidade, hipertensão arterial, lúpus e doenças do glomérulo.

  • Edemas

Como já destacamos, os rins são responsáveis por controlar o volume de água e sódio presente em nosso organismo. Contudo, pacientes com insuficiência renal avançada tendem a apresentar uma redução no processo de eliminação do sódio, culminando no acúmulo de água e, consequentemente, na formação de inchaços (edemas).

Outra causa comum para o surgimento de edemas é a síndrome nefrótica — quando se observa um volume maior de perda de proteína pela urina. Nesses casos, o inchaço inicia-se nas extremidades e vai se deslocando para os membros superiores, principalmente até as coxas.

Contudo, casos mais graves provocados pela formação de edemas estão associados à retenção de líquidos pelos pulmões, já que pode levar a uma crise de edema agudo do pulmão e até mesmo à morte do paciente.

  • Hipertensão

A hipertensão arterial é uma das enfermidades mais comuns na população adulta. Apesar de ser um importante fator de risco, cerca de 95% dos pacientes hipertensos não apresentam problemas do sistema renal. Sendo assim, é importante estar atento a casos de hipertensão sem motivo aparente, principalmente quando associado a outros sintomas de doenças renais.

  • Anemia

Faz parte das atribuições dos rins a produção do hormônio eritropoietina ou EPO. Responsável por enviar impulsos à medula óssea para produzir glóbulos vermelhos, pacientes renais em estágios avançados de insuficiência podem apresentar uma redução brusca na produção deste hormônio, gerando um quadro de anemia.

  • Dor nas costas ou nos rins

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a maioria das doenças renais não estão associadas à dor na região lombar. Entretanto, em alguns casos é possível que doenças, como o cálculo renal, provoquem dor intensa nas costas ou nos rins, podendo ainda irradiar para a virilha. 

Frequentemente esse tipo de algia é relatada como muito intensa e não se relaciona com problemas posturais, já que dores na coluna tendem a ser mais brandas e piorar com o movimento do tronco.

  • Ausência de urina

Em via de regra, urinar eficientemente nem sempre indica que os rins estejam funcionando bem. Afinal, não é possível, por exemplo, observar a olho nu se as toxinas estão sendo corretamente eliminadas pelos rins através da micção. 

Portanto, em resumo, urinar representa apenas que os rins têm sua capacidade de expelir urina preservada. Por outro lado, a interrupção da urina, geralmente causada por obstrução das vias urinárias, pode representar doenças renais, como a glomerulonefrite e insuficiência renal aguda.

Como pudemos observar, os principais sinais e sintomas da doença renal podem passar despercebidos, contribuindo para o agravamento da doença. Afinal, a detecção precoce se torna mais difícil. 

Além disso, apesar de os exames disponíveis serem muito acessíveis, não reconhecer os sintomas das doenças que acometem o órgão impede que o paciente faça avaliações clínicas regulares. Consequentemente, quando os sintomas surgem com maior intensidade e gravidade, a doença normalmente já atingiu etapas muito avançadas.

Quer saber mais sobre como melhorar a saúde dos seus rins, prevenir-se das doenças mais habituais e preservar a longevidade do sistema renal? Então, entre em contato conosco e agende uma consulta de avaliação agora mesmo! Acompanhe também o nosso Instagram.

Olá! Tudo bem? 👋
1
Olá! Tudo bem? 👋

Caso tenha alguma dúvida, deseje agendar uma consulta ou queira falar com nossa equipe, estamos à disposição. 😄

Abraço!